domingo, 29 de abril de 2012

Já estou bom! Uff!

Não é que estive doente, mais doente que nunca?


Gatos amigos, cuidado com as vacinas dadas pelo processo “toca e foge”, como aquela que me deram – tão rápido que nem tive tempo de chorar de raiva. Foi um “já” no rabiosque que eu tinha virado para a porta da cesta, para mostrar como estava zangado por ir “àquele sítio”.

Na altura até achei que apesar da contrariedade tinha corrido melhor do que é costumo – isto é, não dera por nada. Mas … fiquei com uma inflamação muscular e até se descobrir … meti-me num canto sem comer nem beber, quietinho e tristonho, só a querer dormir.
Foi uma aflição para mim e para os humanos que gostam de mim.

Tenho de reconhecer que aquela doutora malvada que há 4 anos me tirou umas bolinhas e a quem nunca mais perdoei, me salvou com um anti-inflamatório e um antibiótico.

Mas ela sabe que não a esqueci … mesmo em casa, sem o disfarce da bata e a protecção do consultório, reconheci-a e ROSNEI, ROSNEI. Mas depois, ao colo da dona e distraído por uma amiga, lá a deixei apalpar a barriga, auscultar o coração …

Pronto, estou como novo embora ainda com pouco apetite mas danadinho de para fazer asneiras!

2 comentários:

ZIA disse...

E que grande susto nos pregaste!! Ainda bem que já te temos de volta às marotices todas! Só falta mesmo voltares a comer com a vontade antiga! Deve ser do antibiótico...nós os humanos também não gostamos nada de os tomar mas, lá tem de ser quando é mesmo necessário!
festinhas
ZIA

isa disse...

As tuas melhoras,Amon!
Ñ sabia que estiveras tão aflito.
Vais voltar a comer bem,estou certa.
Festinhas para ti.
Beijo.
isa.