quarta-feira, 16 de maio de 2012

A 1ª Circular

Quem mora ou passa por Lisboa, conhece perfeitamente a 2ª Circular, uma via sempre referida, nos vários acessos de entrada/saída da cidade, pelos congestionamentos constantes, a qualquer hora do dia, e sempre palco de acidentes diários, com maior ou menor gravidade.

Mas se existe uma 2ª é porque terá havido uma 1ª, claro. Eu já me tinha interrogado, mas por onde passaria ela? Só há poucos dias, ao ler um apontamento na TimeOut, fiquei esclarecida.

Essa primeira circular começava na ponte de Alcântara, no final da Rua do Prior do Crato e terminava na Cruz da Pedra, em Santa Apolónia. De Alcântara, passava pelas Ruas D. Maria Pia, Arco do Carvalhão, a actual Rua Dom Carlos de Mascarenhas, por Campolide, pelas actuais traseiras do “El Corte Inglês”, Avenida Duque D’ Ávila, Largo do Leão, Rua António Pereira Carrilho, Rua Morais Soares, Avenida Afonso III e finalizava na confluência da Rua Cruz da Pedra com a Rua de Santa Apolónia. Foi assim que eu descobri que, afinal, eu tinha nascido e vivido tantos anos na 1ª Circular, junto ao Saldanha. Boa!

Ao longo do percurso acima citado, existiam várias portas e alfândegas, onde se pagavam direitos pelos produtos entrados na capital. Que engraçado pensar nisto tudo quando, agora vimos traçados modernos rasgados e abertos a todos! E, afinal, não foi assim há tanto tempo!

A cidade de então concentrava-se praticamente na área interior à 1ª Circular; os percursos laborais eram mais curtos e efectuados ou a pé ou de transportes públicos; o comércio de proximidade era o único existente. Lisboa era uma cidade pacata, com muito carisma, com passeios livres e árvores escolhidas pela sua beleza e não pela rapidez de crescimento.

Hoje, a maioria dos moradores lisboetas vive para além da 1ª Circular, deixando o interior para os serviços e grande comércio.



4 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Gostei de saber!

Abraço

isa disse...

Tb eu ñ sabia que nasceramos e cresceramos nessa zona.
Beijo.
isa.

peonia disse...

Obrigada por mais uma mensagem didáctica. Gostei de saber mais um pouco sobre Lisboa.Beijinho

goiaba disse...

Também não sabia. Obrigada.