segunda-feira, 25 de abril de 2011

Símbolos que marcam toda a vida

Quando era miúda, lembro-me de como se festejava a implantação da Republica.
Recordo os festejos na minha terra e de como tinha admiração por aqueles homens (já de uma certa idade) que faziam discursos no Rossio da cidade (Alentejo).
Tocava a banda, saíam as bandeiras dos republicanos e o 5 de Outubro era dia feriado e de festa. Para os meus pais e os jovens da época esse dia já estava bem longe, no entanto respeitava-se e admiravam-se os bravos homens do princípio do séc. XX.

Tudo isto me chega bem presente porque hoje é dia 25 de Abril e assisto com mágoa a algumas cenas de rua, a conversas de mercado e a muitos olhares irónicos de gente de rua quando alguém passa com um cravo vermelho na mão.
Perdem-se as memórias e os valores, culturalmente não se sabe distinguir entre o profundamente importante da nossa história e o que, posteriormente, se fez dessa dádiva de bravos portugueses.

E, este ano, fiquei chocada. Conto em poucas linhas:
Fui comprar, como faço todos os anos, uns cravos para distribuir pelos amigos. Entrei na florista e não havia cravos à vista. Perguntei se iam ter, disseram que não, e mostraram-me um olhar irónico, aquele olhar que sentimos na pele. Mas verifiquei que, num canto, por cima de flores já envelhecidas estavam alguns cravos abandonados. Perguntei se estavam guardados. Disseram que não e que os ditos estavam velhos, sempre com o mesmo olhar gozado.
Bem, não perdi a calma, fui buscar os cravos e perguntei o preço. São 1€!....
OK! Eles não estão velhos e para mim eles são essenciais! Mal do ano em que, no dia 25 de Abril, não tenha um cravo em casa! E os cravos ali estão lindos e vigorosos!

Há 37 anos que me mantenho fiel ao simbolismo desta flor apesar de muitos sonhos se terem evaporado. Mas continuo a fazer a minha festa, como aqueles homens da minha meninice.

Apesar de tudo “VALEU A PENA! Vale sempre a pena para quem não tem alma pequena!!!”




6 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Claro que valeu a pena! Eu ostento sempre, neste dia, um cravo vermelho na lapela!

Abraço de Abril

isa disse...

Valeu a pena,sim!
E estão lindos os cravos!
Beijo.
isa.

ZIA disse...

Se valeu a pena! Ainda por cima eu fui uma das sortudas a receber o maravilhoso cravo que me anima os dias e as vistas nesta época de Abril! Que os mais novos, um dia possam TODOS entender bem aquilo de que falamos! Por isso, vale bem a pena não deixar de insistir - 25 de Abril SEMPRE!!
Abraços
ZIA

peonia disse...

Para que a memória deste dia nunca se apague! É preciso repetir isto para que os mais novos compreendam e aceitem o que aí vem...
Um abraço

peonia disse...

Para que a memória deste dia nunca se apague! É preciso repetir isto para que os mais novos compreendam e aceitem o que aí vem...
Um abraço

goiaba disse...

Obrigada pelos cravos que todos os anos recebo e agora têm de ficar em prateleira bem alta, longe das patinhas do Amon ...
Fiquei triste com a nossa vizinha florista que tem o direito de não gostar do que "25 de Abril" significa mas como não tem o direito de ser "grossa" vai merecer indiferença ...
bjinho