quinta-feira, 6 de maio de 2010

A FESTA DAS SERPENTES

Este ano, no meu programa de italiano tenho vindo a aprofundar conhecimentos sobre as diferentes regiões da Itália. Tenho descoberto pouco a pouco paisagens, gentes, usos e costumes pouco divulgados. Assim, resolvi hoje, dar a conhecer uma festa popular estranha mas muito apreciada na tão sacrificada e bela região de Abruzzo.
Na primeira quinta-feira de Maio celebra-se em Cocullo, no Abruzzo, a festa das serpentes ou festa de S. Domenico. A celebração é em tudo semelhante a uma procissão mas aqui a figura do Santo surge totalmente coberta de serpentes vivas. A origem desta tradição remonta a tempos da antiguidade, altura em que, no lugar de S. Domenico, se encontrava a deusa romana Angizia, protectora de todos quantos fossem mordidos por uma serpente, pois acreditava-se que tinha poderes terapêuticos. É portanto, uma festa de origem pagã e popular.
Mais recentemente, conta-se que os peregrinos que procuravam cura, percorriam de joelhos, batendo com a mão no peito, o espaço entre a igreja paroquial e a estátua do Santo. Quem sofria dos dentes ou receava vir a sofrer deste mal, puxava com os próprios dentes as correntes do sino da igreja, ritual que ainda hoje se pratica, colocando agora, os peregrinos um lenço na boca, por questões de higiene.
Todos os anos, esta festa atrai muitos turistas nacionais e estrangeiros, por isso convido-vos a ver com atenção e talvez com alguma repulsa, o vídeo que se segue. Vale a pena, pelo menos, ficar a conhecer, já participar não me parece que seja um bom e aliciante convite para a maioria dos leitores.

3 comentários:

Isa disse...

Belo texto!
Obrigada pela partilha.
Adorei a música...
O resto...
Beijo.
isa.

peonia disse...

Obrigada por esta lição de cultura. De cobras fujo sempre!...
Mas é interessante saber como cultos tão antigos ainda vigoram em países do primeiro mundo.

goiaba disse...

Ao contrário do costume, não quero ver ao vivo mas foi bom conhecer uma tradição que desconhecia. Obrigada por partilhares. bjinho